segunda-feira, 9 de abril de 2012

Analista de redes sociais. Uma profissão emergente


As grandes mudanças verificadas no processo de produção de informação e de difusão de informação, na sequência da desmaterialização dos dados, sobretudo a partir de finais do século XX, acabaram com muitas profissões na área da comunicação. Mas a era da informação digital trouxe novas formas de trabalhar e de ganhar a vida.
O analista de redes sociais – ou de mídias sociais, para os meus leitores do Brasil – é um dos novos profissionais. Inspirado no Blog do E-Commerce (ver aqui), acrescento mais dados, relativamente ao que tinha escrito no Comunicação Integrada (ver aqui), sobre as importantes funções de um analista de redes sociais ou analista de comunicação digital (designação que prefiro, por ser mais abrangente).
Antes de mais, um bom analista de comunicação digital deve ter formação superior em marketing, jornalismo, publicidade ou relações públicas. Precisa de ter conhecimentos muito apurados em jornalismo digital, escrevendo correctamente e com clareza. Precisa de conhecer o mundo das redes sociais, o funcionamento de cada uma das redes, quais os públicos de cada uma dessas redes e quais são as mais populares e as menos populares.
Um bom analista de redes sociais tem, também, de ter o chamado “faro jornalístico” e precisa de saber qual a agenda noticiosa do dia (“agenda-setting”), para não perder as melhores oportunidades para disseminar conteúdos.
Elaborar textos para as redes sociais, que sejam claros e concisos; disseminar conteúdos em comunidades e blogues relevantes; interagir com participantes nos diferentes pontos de contacto e plataformas; manter contacto com os principais difusores de informação nas redes sociais (líderes de comunidades e blogueiros); identificar conteúdos gerados por outras pessoas que possam ser partilhados  para disseminar nos seus pontos de contacto; acompanhar a presença quantitativa e qualitativa nas redes sociais; identificar a evolução da presença “on-line” da organização para que trabalha, gerando relatórios de desempenho e garantir o fluxo de informação entre a agência de comunicação, o cliente e as redes sociais são outras das tarefas de um bom analista de comunicação digital.

2 comentários:

ACF disse...

Bom texto.

Abraço

Rodrigoso disse...

Adorei o artigo. Procuro promover os mesmos valores e actualização dos sistemas de comunicação.
abraço
http://deixatuatvnarua.wordpress.com/